Arquivos do Blog

Revisão: Vamos aprender sobre cultura?


Queridos alunos,

estou publicando  as nossas aulas sobre Cultura, Etnocentrismo, Cultura Material e Cultura Imaterial aqui para quem quer aprofundar os estudos, tirar dúvidas e relembrar! Bons estudos.

Abraços,

Professora Renata.

Anúncios

Exemplos de etnocentrismo


 Nós já vimos que o termo etnocentrismo é usado para denominar o comportamento em que um  determinado grupo usa seus valores culturais como medida no julgamento do comportamento dos outros. Ou seja, cada um age de acordo com o padrão cultural estabelecido no seu meio e consequentemente o que estiver diferente desse padrão é errado.

A atitude etnocêntrica tende a considerar que apenas o seu modo de ser, viver e pensar são corretos e ideais. Este estranhamento em relação a outras culturas torna-se preconceituosa quando se considera um modo de vida superior a outro.

Quer  exemplos? Vamos lá!

067ccda49630c2e4ccc18ecb010dfa63

 

 Quantas vezes você já viu alguém rindo do sotaque de um vendedor oriental quando foi comprar alguma coisa nas pastelarias ? Você já ouviu alguém chamá-los de “japas”, “chinas” ou “xinglings”? Você sabia quo vendedor bem poderia se chinês, japonês ou coreano e há muitas diferenças entre eles?! Inclusive, chineses e japoneses foram inimigos históricos?!  Pois bem, essa atitude de inferiorizar o outro a ponto, inclusive, de nem se preocupar em saber qual é o seu país de origem chama-se etnocentrismo.

 imagesA0UY34LR

O funk despontou no Rio de Janeiro na década de 1990 e já passou  por diversas fases. Já criou estilos de danças e faz parte da cultura carioca. Mas durante muito tempo o funk não era considerado cultura, por ser proveniente das comunidades pobres da cidade e por suas letras que, além de cantadas com português coloquial e palavras de baixo calão, contam o dia a dia e interesses das periferias. Ainda hoje há quem que funk não é cultura. Mas sabemos que essa atitude de julgar os outros com nossos próprios valores é etnocentrismo.

untitled

Olhou para essa imagem e ficou com fome, né?! Quem não gosta de um churrasco? A carne bovina, ao lado da carde do frango, faz parte da alimentação da maior parte dos brasileiros. E para muitos de nós (eu me incluo nisso) é impensável abrir mão da carne bovina. Pois bem, saiba que isso não é regra para todos!

untitled

Na Índia, a vaca é um animal sagrado na religião , praticada na Índia, por exemplo. E, por isso, seu consumo é proibido. Na realidade, há pessoas que aproveitam até as fezes do animal para que nada se perca.

Como podemos observar,  infelizmente, ainda estão presentes a intolerância e preconceito cultural, religioso, étnico e político dentro e fora do nosso país, devido à atitudes etnocêntricas.

Para saber mais: todo mundo tem cultura?


Queridos,

embora esse vídeo seja para o Ensino Médio a linguagem está fácil e é perfeitamente compreensível! Já conversamos sobre todo o tema abordado nele. Então, vamos fixar?!

Depois de assistir ao vídeo, você é capaz de responder: todo mundo tem cultura?

 

O que é etnocentrismo?


diversidade-cultural1

A humanidade é constituída de vários grupos humanos, e cada grupo tem sua cultura, isto é, seu jeito próprio de se vestir, se alimentar, construir moradias, fazer festas, agir e pensar. Na Terra há, portanto, uma enorme variedade de culturas. Por isso, falamos em cultura brasileira, cultura norte-americana, cultura inglesa.

images9JCLLLTE

  As culturas são diferentes entre si. Cada uma tem o seu valor e não há cultura superior ou melhor que a outra. Conforme a Antropologia, nenhum povo pode ser chamado de “selvagem” ou “primitivo” porque se veste, enfeita-se, alimenta-se ou pensa diferente.

imagesJJPK1WI5

  Rir das pessoas que possuem um cultura diferente da nossa é cometer etnocentrismo, isto é, julgar o diferente, o outro, com base nos nossos valores e princípios. Assim, quando rimos de uma pessoa ou grupo que tem hábitos diferentes dos nossos estamos ignorando sua cultura. O que leva uma pessoa a ter atitudes etnocêntricas é quase sempre ignorância, o desconhecimento.

Vamos pensar?

Observe a imagem abaixo:

diversidade cultural

Na charge vemos duas mulheres de culturas diferentes. Podemos perceber isso, pela maneira como estão vestidas. Poderia ser uma mulher da cultura ocidental (como as brasileiras, por exemplo) e uma mulher da cultura islâmica. As duas fazem críticas uma a outra pela maneira como se vestem. As mulheres usam seus próprios valores, seus próprios costumes para julgar o costume da outra. O que é incorreto porque se tratam de costumes diferentes. Percebemos que as mulheres da charge têm uma atitude etnocêntrica. Isso ocorre quando um indivíduo acredita que sua cultura é melhor ou superior que outras. E isso acontece, muitas vezes, porque falta de conhecimento do outro, gerando atitudes intolerantes e desrespeitosas.