Arquivos do Blog

Sugestão de atividade: Fontes Históricas


Público-alvo: 6º ano

Depois de apresentar a parte teórica sobre como o/a historiador/a trabalha e a importância das “fontes históricas” para a construção da narrativa histórica, solicitei aos alunos que tentassem descobrir o item mais antigo de sua casa e que, achando, levassem para a aula para que pudéssemos analisar. Eu fiz o mesmo e levei os mais antigos que encontrei. Com os objetos em aula, os alunos apresentaram um pouco da história de cada item e a relação com sua família. Após as apresentações, chamei os alunos por grupos para que manuseassem e observassem cada objeto. Depois que todos os grupos o fizeram, conversamos sobre as características de cada um e classificamos por “tipos de fontes históricas”: escrita ou não-escrita, iconográfica, audiovisual, material.

Anúncios

O que são fontes históricas? (1)


Documentos ou fontes históricas são as pistas, os vestígios do passado, deixados por indivíduos e sociedades, que nos permitem desvendar seus hábitos, seus costumes e formas de organização.

Muitos vestígios se perderam ao longo do tempo.  Outros, contudo, tem sido preservados, guardados, e são encontradas em instituições como arquivos, bibliotecas, museus ou coleções particulares.

Veja, abaixo, algumas instituições onde você pode encontrar várias pistas para suas pesquisas de história, no centro da cidade do Rio de Janeiro. É só clicar no nome e passear…

 

Quer saber mais?! Veja também:

O que são fontes históricas? (2)

Quais são os tipos de fontes históricas?

Quem produz o conhecimento histórico? Historiadores!


Do que uma investigação precisa? pistas e versões…


Temos dito que o historiador é um investigador. Ele pesquisa pistas deixadas pelos seres humanos em outras épocas e em outros lugares.

Para encaixar essas pistas, como em um jogo de quebra-cabeças, o historiador precisa pensar, refletir.

Então, quando ele compreende a lógica do acontecimento, temos um conhecimento histórico. Ou uma versão da história. Vamos entender na prática???

No vídeo, abaixo, vocês podem assistir a pequenos trechos do filme “Deu a louca na chapeuzinho”. As partes que nos interessam são aquelas em que sapo investigador tenta compreender o que se passou na casa da Avó da menina.

Assistam aos vídeos!